A presidente Dilma Rousseff disse ter ficado "estarrecida" com o relatório do FMI sobre a economia brasileira, que citou a instabilidade política e a demora na conclusão da Lava Jato como entraves para o crescimento.

Mais detalhes em Fonte: www.g1.globo.com

Anuncie